Também erramos...

No Cantinho das Aromáticas também erramos, como a maioria dos seres humanos... e assumimos os nossos erros. 

Carlos Teodoro deixou na página de facebook do Cantinho das Aromáticas o seguinte comentário (26/05/16):

"SEM DESCULPA. hoje desloquei.me com minha familia desde Viana do Castelo para visitar o Cantinho. Cerca de 90 km depois bati com o nariz na porta. Considero imperdoável este decuido do Cantinho. Sei que era feriado por isso tive o cuidado de visitar previamente este fb. e como se comprova está um post bem claro de Quinta 27 "aberto à comunidade".

"Como designer considero muito grave este tipo de despreocupação, desprezo até na gestão da rede social, que embora seja comum nos empresários portugueses (que delegam esta competência ao "sobrinho" que até sabe mexer nisso) já era tempo de deixarem para especialistas....enfim um pequeno desabafo de quem, de facto ficou muito irritado....mais um "selo" pro cantinho mas este certamente não vão querer publicitar."

A nossa resposta (27/05/16):

Caro Carlos Teodoro, obrigado pelo seu comentário. Responde-lhe Luís Alves, sócio-gerente da empresa. O Cantinho das Aromáticas é uma pequena empresa agrícola, com uma pequena equipa de trabalho, que se divide entre as tarefas agrícolas e de viveiro, administrativas e de produto acabado. 

Somos nesta altura do ano, 9 pessoas para fazer frente ao enorme desafio diário de semear, plantar, cuidar, colher, comercializar, receber quem nos visita, gerir a loja online e muito mais. Apesar de tudo, tentamos fazê-lo sempre com o maior cuidado, empenho e dedicação.

Ainda nos sobra algum tempo para comunicarmos com os nossos seguidores (já são mais de 54000), o que nos dá imenso prazer. Não temos nas nossas famílias nenhum "sobrinho" que perceba de redes sociais, infelizmente, porque em agricultura muitas vezes utilizamos a família para nos ajudar!!!

Nem sequer temos orçamento para poder entregar esta responsabilidade a uma empresa de comunicação, como fazem tantas empresas. Fazemo-lo nós. Cabe-me sobretudo a mim, esta tarefa.

Ainda assim, se consultar as avaliações da página, vai perceber que a esmagadora maioria (são mais de 580 criticas) é excelente, o que nos permite perceber que conseguimos ser muito razoáveis nesta tarefa de utilizar as redes sociais, apresentarmos bons produtos e conseguirmos receber as pessoas da melhor forma possível.

Infelizmente o facebook não permite atualizar automaticamente o calendário com os feriados, por isso quando consultou a nossa página, esta o informou, erradamente, que estaríamos abertos ao público. 

Temos a página de facebook desde 2010 e esta é a primeira vez que alguém nos diz que não nos conseguiu visitar pela razão que aponta, porque normalmente quando nos pretendem visitar na ocasião de um feriado nacional nos telefonam ou enviam um mail ou mensagem a perguntar antes de nos visitarem, como forma de evitar uma vinda ao engano.

No entanto, poderíamos manualmente ter corrigido o horário para este feriado… Poderíamos também ter feito um post explicando que no feriado estaríamos encerrados… Não o fizemos… E por isso fez uma viagem com a família para nos visitar e não conseguiu. 

O Carlos refere o post de Quinta 27 aberto à comunidade. Como não o terá aberto para o ler (algo que muita gente não faz no facebook, mais ou menos entendidos na matéria, como agora se pode comprovar), não percebeu que apesar da actividade se chamar Quinta aberta à comunidade, a data apresentada está correcta, é hoje 27 de Maio e não a de Quinta-feira!!!

Ao longo dos anos, fomos conquistando muitos “selos”, como refere, pela enorme qualidade dos nossos produtos, que resulta essencialmente de termos uma excelente equipa de trabalho, que todos os dias faz um esforço enorme para conseguir fazer melhor. Da mesma forma, cometemos muitos erros, com os quais fomos sempre aprendendo e fazendo um esforço por melhorar. 

Todos os “selos” são muito importantes para nós e todos, como pode agora constatar, são sempre assumidos da mesma forma, com a satisfação de quem consegue fazer muito bem ou a humildade de reconhecer que se errou e se pode corrigir e fazer melhor.

Com a mesma tristeza que me invade quando uma planta que tenho o dever de cuidar morre, lhe peço desculpa por esta falha. Aproveitaremos a oportunidade para tentarmos ser melhores a comunicar, em próximos feriados locais e nacionais, o nosso horário de funcionamento, de forma a evitar que esta situação se volte a repetir.

Aproveito a oportunidade para lhe oferecer a si e à sua família, uma visita guiada ao Cantinho das Aromáticas, seguida de uma degustação das nossas infusões, como forma de os compensar pela nossa falha. Aguardarei da sua parte a data que mais lhe convém, caso decida aceitar a minha oferta. 

Sei que nunca poderá substituir o tempo que perdeu, mas pelo menos poderá compensar a vontade que tem em conhecer o nosso projeto e contribuir para um conhecimento mais profundo do que é ser agricultor nos dias de hoje. Um abraço.

Share this:

A maçã do pecado anda entre nós...

Para milhões de seres humanos, o homem na sua génese terá abdicado do paraíso ao escolher trincar uma maçã que lhe estava proibida, por simbolizar o pecado...

Uma imagem figurativa ancestral, que estranhamente ganha contornos de pura realidade nos tempos em que vivemos...

Ao trincar uma maçã, ficamos expostos aos inúmeros "pecados" cometidos ao longo da sua produção e a acumulação de pesticidas no organismo leva cada vez mais ao inferno da morte por cancro.

Ficamos todos os dias um pouco mais longe do paraíso que a humanidade poderia muito bem construir na Terra, utilizando as soluções e serviços da agroecologia como chave de entrada...

A esperança está na agricultura biológica...

Share this:

Chávena de produtos premiados

Ao longo dos últimos anos construímos uma verdadeira chávena de produtos premiados, com o nosso trabalho e dedicação!!! Provenientes de uma agricultura sustentável, de proximidade. Com rostos, uma identidade honesta, um sítio que se visita e pode experienciar. Muito obrigado pela vossa confiança!!!


Share this:

Consumo de produtos biológicos cresce em Portugal

Esta semana a revista Sábado traz uma bela reportagem sobre o número crescente de famílias que procura consumir cada vez mais produtos biológicos, isentos de pesticidas e adubos de síntese.

O Cantinho das Aromáticas surge como um dos locais onde são produzidos e comercializados alguns destes produtos, sobretudo as nossas maravilhosas plantas aromáticas, medicinais e condimentares, bem como as infusões e tisanas que cada vez mais portugueses utilizam no seu dia-a-dia!!!


Share this:

Ó tempo, fica melhor...

Finalmente conseguimos ter um momento sem chuva para plantar as perpétuas-roxas deste ano.

Ainda assim, recorri a um antigo ritual, utilizado em situações de desespero extremo, em que pedi a todas as forças do Universo que conspirassem a nosso favor, bem como de todos os bons agricultores por esse mundo.

Vamos lá ver se resulta...


Share this:

Carapau da Afurada

O Presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, apresentou na escola da Afurada de Baixo um incrível projecto alimentar e social, no qual sinto muito orgulho em ter participado.

Como forma de evitar a rápida gentrificação da pequena comunidade piscatória da Afurada, a Câmara estabeleceu uma parceria entre diversas entidades, com destaque para a RAMIREZ - alimentação saudável e o Cantinho das Aromáticas. 

Parte da sardinha, carapau e cavala pescados pelos barcos na Afurada são depois transformados em conservas, servindo estas posteriormente as cantinas escolares do concelho.

Com este projecto, criam-se condições para manter a actividade económica dos pescadores, apostando também na formação de hábitos de consumo de alimentos saudáveis junto das crianças.

Hoje o chefe Hélio Loureiro preparou um excelente prato de carapau em conserva, com a preciosa ajuda do nosso cebolinho, funcho e manjericão, que fizeram as delícias de mais de 10.000 crianças da comunidade escolar de Vila Nova de Gaia, em simultâneo!!!

Pensar local, agir local. O papel fundamental que as autarquias podem desempenhar na rápida mudança de paradigma, no qual através de simples acções se podem obter resultados extraordinários.






Share this:

Sementes Vivas

Certificadas em agricultura biológica e biodinâmica, já chegaram ao Cantinho das Aromáticas as sementes do projecto Sementes Vivas!!! 

Distribuídas por 30 variedades diferentes, são absolutamente imprescindíveis em qualquer horta!!! 

Também se encontram disponíveis na nossa loja online.

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/sementes/

Share this:

Cacto mais espinhudo...

Já conheci muitos cactos na vida, mas nunca um tão "espinhudo" e expressivo como este!!! 

Estivemos à conversa (tem uma voz muito fininha, que lhe sai por uma floração lateral e uns olhos muito esbugalhados, junto a uma cabeleira farta e espetada) e confessou-me que um dos seus principais problemas é... ser mais peludo do que os outros!!! 

A diferença parece incomodar sobretudo os cactos maiores e mais "musculados", que surgem com um aspecto "despinhado", fieis seguidores das tendências actuais no mundo dos cactos... 

Disse-me que considerava os espinhos uma vantagem e que nunca se sentiu inferior aos outros. 

Refere com orgulho que com a ajuda dos muitos espinhos (na realidade folhas transformadas) que lhe cobrem o corpo todo, consegue arrefecer melhor, conseguindo também captar de forma muito eficiente água que durante a noite se condensa nestes espinhos e depois lhe escorre ao longo do corpo, até ao solo, onde depois as suas raízes muito superficiais a recolhem. 

Não entende por isso a razão pela qual é motivo de chacota e acha até que as suas flores são as mais bonitas das redondezas. 

E já agora, não precisa de agradar a ninguém, porque tal como os outros é hermafrodita e consegue garantir a sua própria reprodução!!!

Despedimo-nos (não com um abraço, infelizmente...) como bons amigos. Disse-lhe que era um dos cactos mais bonitos que já conheci. 

Quando ao longe o olhei de novo, exuberava alegria e formosura.



Share this:

Cultivo de figueiras da india

Ontem fui com o Hélder Reis e a A Praça da RTP1 visitar o agricultor Mário Nunes e o seu cultivo de figueiras da índia (Opuntia ficus-indica) em Sesimbra, o mais antigo do país, com 7 anos no terreno.

O Mário também é presidente da Associação de Profissionais de Figo da Índia Portugueses (APROFIP). Um homem dotado de uma energia contagiante e uma determinação extraordinária.

Este cacto produz frutos magníficos, para além de apresentar múltiplas utilizações e o seu cultivo tem vindo a crescer, um pouco por todo o país. Adivinha-se em breve uma fileira organizada, com vista ao mercado nacional e exportação.

Quase todos os novos cultivos são certificados em modo de produção biológico. 

Fico particularmente orgulhoso quando conheço gente empreendedora, que pratica agricultura sustentável e consegue ainda ter tempo para servir de exemplo a todos os outros que querem investir nesta área de trabalho tão nobre e fundamental para a soberania alimentar do nosso país.

A reportagem pode ser vista neste link, a partir dos 6,50 minutos.





Share this:

Tisana Doce Menta

No Cantinho das Aromáticas escutamos todos os dias diferentes estilos musicais, no decurso das nossas tarefas.

Ora ouvimos os sons da natureza, que variam com as estações do ano, ora temos uma fina selecção musical a tocar durante horas, para tornar ainda mais agradável o trabalho a desenvolver.

No entanto, um estilo musical é dominante, escuta-se mais do que todos os outros. O jazz. Gostamos tanto de ouvir jazz, nas suas diferentes variações, que há um ano atrás criamos uma tisana que acompanhasse na perfeição esta nossa tendência musical.

Ao resultado desta combinação de hortelã-vulgar, hortelã-pimenta e agastache, chamamos de Doce Menta – ritmos que se provam.

O júri do 3º Concurso Nacional de Sal, Ervas Aromáticas e Condimentos (2016) gostou tanto, que acabou de lhe atribuir uma medalha de prata.

À semelhança de uma música jazz, a surpreendente doçura harmoniza a improvável fusão de duas mentas. Para que a melodia seja perfeita, junte-se a este trio amarelo-cintilante e deixe-se surpreender pelo crescendo final repleto de notas a mentol e anis.

É só por a música a tocar, preparar esta tisana, quente ou fria e... apreciar!!! Disponível na nossa loja online, neste link.
 
http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/destaques-entrada/doce-menta-tisana-bio-embalagem-40g/
 

Share this: