Troco abraços por infusões

Na realidade não é só hoje, é todos os dias. Quando visita o Cantinho das Aromáticas temos sempre uma infusão do dia para si e um abraço para quem quiser.

A entrada, a infusão e o abraço são gratuitos, todos os dias da semana. E nunca nos arrependemos...



Share this:

Vamos quebrar o gelo?!

As plantas do Cantinho das Aromáticas estão preparadas para tudo.

Fazem maravilhosas infusões quentes e frias, acompanham qualquer prato, da sopa à sobremesa.
Compõem medicamentos ancestrais, prevenindo e tratando inúmeros problemas de saúde.

Enaltecem os jardins e floreiras de quem as cultiva com carinho e dedicação.

Motivos mais do que suficientes para, de uma vez por todas, quebrar o gelo e fazer-nos uma visita, não acha?!

Share this:

Quem apoia a vinda de ursos pardos para Portugal como sempre houve até ao século XIX? O agricultor apoia.

Quem apoia a vinda de ursos pardos para Portugal como sempre houve até ao século XIX? O agricultor apoia.

Mais uma notícia de fino recorte jornalístico. Fiquei tão baralhado ao ler, que tive que repetir 3 vezes.
Ao que parece, as autoridades portuguesas confirmaram a existência em Portugal de um urso pardo, espécie considerada extinta no nosso país.

Mas quem deu a notícia a Portugal foram as autoridades ambientais regionais espanholas.

Mas porque raios sempre que entra um urso em Portugal, a coisa tem que ter mão espanhola?! 

Quando despacham merda pelos rios abaixo nunca se lembram de avisar...

A notícia acaba com a típica mania das grandezas portuguesa. Se voltamos a ter um urso, é coisa para estar entre os maiores do mundo. Em segundo lugar, escrevem, logo depois do urso-polar.

O que é falso. O segundo maior urso do mundo é o urso pardo do Alasca, porque gosta de comer salmão, focas e alces. 

O desgraçado do urso-pardo espanhol que entrou em Portugal é um daqueles viajantes que gosta de desafios e muita adrenalina.

Ao contrário dos seus compatriotas humanos que cá vem para uma farta arrozada, lampreias à bordalesa e outros que tal, este omnívoro tem pela frente um cenário gastronómico desgraçado.

Eucaliptais a perder de vista, sem uma única raiz para comer, extensas áreas queimadas, cheias de vegetação rasteira pobre em nutrientes, rios cheios de peixes invasores difíceis de apanhar por causa das barragens, caçadores furtivos, iscos envenenados e uma imprensa que não faz o trabalho de casa como deve ser.

Quer-me parecer que rapidamente se vai arrepender, fazer-nos um manguito e voltar para trás, como quem diz: "porque no te callas?! Vai chamar urso a outro, que não estou para aturar esta mierda". 

#luisalvesagricultor #quemquernamorarcomoagricultor

https://sicnoticias.pt/pais/2019-05-08-Um-urso-pardo-em-Portugal-algo-que-nao-se-via-ha-mais-de-170-anos?fbclid=IwAR2Yo8ibDstOTm1U_WbgGox19Zcrfta-Qpbc8jpfwtGTdu_3g1XUIXQNLcA

Share this:

Quem é a favor do camarão livre de drogas como o agricultor?!

Quem é a favor do camarão livre de drogas como o agricultor?!


Quando o assunto é camarão, drogas, medicamentos e cientistas, um tipo percebe logo mesmo sem ler que vai ser divertido.

Por estes dias o 'camarão' das áreas rurais do leste de Inglaterra contém cocaína, pesticidas e medicamentos.

Um tipo lê e fica logo a pensar que por ali anda tudo a descascar Gammarus pulex, até porque a fotografia da notícia é sugestiva e dá logo vontade de empurrar com um ou dois finos.
Mas afinal esta é uma daquelas espécies que se usa desidratada como comida de peixes de aquário... alguém faltou às aulas de latim...

Para os cientistas da King's College de Londres, encontrar drogas ilícitas na vida selvagem é surpreendente.

Os investigadores não têm uma justificação definitiva para a presença de cocaína, mas culpam o sector agrário pela presença de pesticidas, sublinhando este caso deve ser investigado em maior pormenor.

Até aqui tudo bem, o sector agrário tem de facto culpas no cartório, que a gente bem sabe que é um sector onde as pessoas passam a vida a pulverizar.

Já a cocaína e os medicamentos no camarão, demorará décadas até se encontrar uma explicação para a sua presença... São os lobbys...

Por cá, se é para comer camarão, investe-se no Palaemon serratus (vulgo camarão-da-costa ou camarão-de-Espinho).

Cocaína não traz de certeza, que a malta depois do camarão e da rodada paga aos amigos, fica sem dinheiro para mais nada.

Já os pesticidas e medicamentos é certinho que podemos contar com eles. Falta só saber quais e em que quantidade.

Consegui finalmente perceber porque é que às vezes um tipo acorda com uma grande dor de cabeça a seguir a um pires de camarões... vem com uma dose de medicamentos que interfere com o efeito da pastilha para o colesterol, de certeza...

Se o camarão está como está, imaginem que um dia destes também encontram cocaína, pesticidas e medicamentos em alfaces, batatas e tomates?! Os mesmos que damos aos nossos miúdos lá em casa?!

Há crianças que não param quietas, já começo a desconfiar porquê... #luisalvesagricultor #quemquernamorarcomoagricultor

http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2019-05-03-Cientistas-britanicos-descobrem-cocaina-em-camaroes?fbclid=IwAR1NvqcYzQIxzDrv9KhP5VgH9YPEGGuZm-dhnJ2wTCyvT0MxW0hZXc5JBDs


Share this:

Quem quer acabar com a violência sobre os limoeiros como o agricultor?!

Quem quer acabar com a violência sobre os limoeiros como o agricultor?!

Há uns anos atrás mantive na Antena 1 uma rubrica semanal de 1 hora, em directo, chamada "O Mundo das Plantas", transmitida para toda a Lusofonia.

Fosse qual fosse o tema apresentado, tinha sempre uma chamada telefónica (ainda não se usava internet como agora) em que alguém dizia:

'𝑫𝒆𝒔𝒄𝒖𝒍𝒑𝒆, 𝒕𝒆𝒏𝒉𝒐 𝒖𝒎𝒂 𝒑𝒆𝒓𝒈𝒖𝒏𝒕𝒂 𝒒𝒖𝒆 𝒏ã𝒐 𝒕𝒆𝒎 𝒏𝒂𝒅𝒂 𝒂 𝒗𝒆𝒓 𝒄𝒐𝒎 𝒐 𝒕𝒆𝒎𝒂 𝒅𝒆 𝒉𝒐𝒋𝒆, 𝒎𝒂𝒔 𝒍á 𝒆𝒎 𝒄𝒂𝒔𝒂 𝒕𝒆𝒏𝒉𝒐 𝒖𝒎 𝒍𝒊𝒎𝒐𝒆𝒊𝒓𝒐 𝒒𝒖𝒆 𝒏ã𝒐 𝒑𝒓𝒐𝒅𝒖𝒛 𝒍𝒊𝒎õ𝒆𝒔, 𝒔𝒆𝒓á 𝒒𝒖𝒆 𝒍𝒉𝒆 𝒅𝒆𝒗𝒐 𝒅𝒂𝒓 𝒖𝒎𝒂 𝒄𝒐ç𝒂?'

Confesso que fiz desta pertinência um caso-estudo sobre a matéria, que facilmente me permitiu perceber que existe entre os portugueses uma espécie de relação antropomórfica com os citrinos em geral e os limoeiros (Citrus x limon) em particular.

Esta complexa relação não é comparável com qualquer outra espécie de planta que conheça e leva as pessoas a violentarem as suas árvores, esperando que, humilhadas, castigadas, vergadas, pregadas, possam finalmente produzir os tão cobiçados frutos.

Um daqueles mitos com fundamento científico, como explico neste vídeo.

Já agora, deixo bem claro que não defendo qualquer tipo de coça em limoeiros ou outra árvore qualquer! #luisalvesagricultor #quemquernamorarcomoagricultor

Share this:

Quem quer contribuir para a fidelidade como o agricultor?!

Quem quer contribuir para a fidelidade como o agricultor?!

Desconfia que o seu marido, namorado ou amante anda a "pular a cerca" com aquela colega de trabalho, a vizinha do lado ou a antiga namorada da escola?!

Gostava que ele voltasse a fazê-la sentir única e especial?! A valorizar todas as suas virtudes físicas e emocionais?!

Se assim é, chegou o momento de lhe oferecer uma planta que seguramente lhe devolverá o seu homem!

A árvore-da-castidade (Vitex agnus-castus) é usada há séculos para vincular companheiros mais distraídos!

Deve ser cultivada perto de um lugar onde ele passe todos os dias, para que nunca se esqueça de si!!!



Share this:

Quem quer internacionalizar o grelo como o agricultor?!

Quem quer internacionalizar o grelo como o agricultor?!

Um tipo acorda de manhã, espreita pela janela e percebe que está um dia soalheiro e pensa com os seus botões: nada mau... começa então a rotina matinal de afazeres e chega o momento de sentar frente ao monitor, para começar mais uma jornada de trabalho...

Assim que caem os primeiros mails, um tipo espera sempre que pelo menos um deles seja uma boa encomenda ou uma mensagem de mais um cliente satisfeito...

Mas às vezes, assim de longe a longe, cai um daqueles mails absolutamente inusitados, que nem que um tipo puxasse muito pela imaginação, alguma vez se imaginaria a responder.

Partilho-o aqui por causa das gargalhadas que produzi, enquanto respondia!!!

Ora aqui vai. A manhã começa com a recepção de um mail, redigido em inglês, em que o assunto é: 𝐆𝐫𝐞𝐥𝐨𝐬 𝐐𝐮𝐞𝐬𝐭𝐢𝐨𝐧.

Quando o assunto é grelos, mesmo em inglês, um tipo começa logo a desconfiar... mas após leitura atenta das perguntas, percebe-se que afinal é sério, é para uma publicação e tal, que a malta lá fora não sabe o que são grelos e isso merece o esforço na resposta, que reza assim:

"Mas que bela pergunta para responder logo pela manhã!!! Nada melhor para começar o dia do que uma Grelos Question!

Grelos é um termo genérico utilizado pelos portugueses para definir as hastes ou caules florais emitidos por certas plantas comestíveis, como o nabo, a couve e a nabiça.

Habitualmente estes caules tenros colhem-se antes das flores abrirem, pois se forem colhidos posteriormente deixam de ser tenros.

Normalmente são cozinhados em água a ferver ou então salteados com alho.

Spring greens ou turnip greens são nomes adequados para uma possível tradução em inglês. Bitter greens é mais redutor, uma vez que na maioria das vezes os grelos não são amargos, pouca gente gosta de os comer assim.

As épocas dos grelos são muitas porque estes provêm de diferentes plantas, com diferentes épocas de plantação/floração, pelo que se podem encontrar disponíveis ao longo do ano...

Já agora, grelo ou grelinho é também uma palavra utilizada na gíria popular numa alusão ao clítoris... Achei que seria interessante saber!"

Faço "enviar mensagem" com a segurança de ter cumprido o meu dever de informar, ao mesmo tempo que todo o meu interior vibra de alegria pela grande marotice que um simples caule floral de uma couve pode proporcionar logo pela manhã.  



Share this:

Parem de ferir os sentimentos do agricultor...

Parem de ferir os sentimentos do agricultor...

Como eu me sinto sempre que alguém me aborda para dizer que gosta muito do Cantinho das Aromáticas, mas ainda não teve tempo para visitar...

É a mesma coisa que dizerem a um escritor que adoram o seu trabalho, mas nunca compraram um livro seu...

Não se esqueçam que um agricultor, por debaixo da sua carapaça feia e dura, também tem sentimentos... #luisalvesagricultor #quemquernamorarcomoagricultor

Share this:

Quem quer ser rosto do Novo Norte como o agricultor?!

Quem quer ser rosto do Novo Norte como o agricultor?!

Sou, com enorme orgulho, um dos muitos rostos do Novo Norte, imortalizados em livro e exposição fotográfica.

O trabalho de investigação que desenvolvemos com Universidades e outras instituições enquanto promotores líderes (Infusão Premium) trouxe novos e importantes conhecimentos na análise sensorial de infusões, representando um enorme contributo científico para a nova agricultura portuguesa.

Os vários prémios internacionais conquistados pelas infusões, tisanas e condimentos do Cantinho das Aromáticas devem muito aos inúmeros trabalhos de investigação em que participámos ao longo de todos estes anos.

Por favor recordem sempre isto. Em cada uma das nossas embalagens de ervas aromáticas, que compram nas diversas lojas espalhadas pelo país, estão milhares de horas de estudo, dedicadas a levar o conhecimento sobre elas ao estado da arte.

Ciência e agricultura de mãos dadas, a valorizar os produtos portugueses pelo mundo.

O trabalho realizado está disponível neste link: http://www.cantinhodasaromaticas.pt/infusao-premium/

#luisalvesagricultor #quemquernamorarcomoagricultor

Share this:

Quem quer saber o que é o amor com o agricultor?!

Quem quer saber o que é o amor com o agricultor?!

Quem sou eu para vos explicar o que é o amor? Só posso dizer que saboreei a sua chegada como se saboreia fruta fresca, colhida com as mãos da árvore que se rega e cuida. 

Que tem sido ele água, calor e adubo que fortalecem a semente que depositei no seu ventre.

Mesmo debaixo da ponte, serei sempre corda gentil e tutor firme para o segurar e conduzir em direcção à luz.

Farei do tempo à sombra o cimento que torna a ponte mais sólida sobre o rio da vida, que corre para o mar dos tempos e só nos vê de passagem.

A abundância é uma ilusão. Serei sempre grato quando colher os frutos maduros desse amor.
O que é o amor para as pessoas de outras profissões?!  

#luisalvesagricultor #quemquernamorarcomoagricultor

Share this: