quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

O generoso

Funcho (Foeniculum vulgare)


Assim que alguém nasce, se tiver sorte bebe do leite da mãe, e de seguida é a mesma que vai à farmácia comprar um fitoterápico para combater as cólicas do rebento. A erva fundamental dos que vem ao mundo é o funcho, também conhecido por fiolho.


Nas aldeias é frequente usarem-se as sementes para fazer uma infusão de forma a reduzir cólicas e a flatulência às crianças. Nos adultos o resultado é idêntico, havendo quem a use também para combater a azia, coisa vulgar nos dias que correm...


A minha relação com o funcho não é fácil. Se gostar muito do sítio onde está, fica para sempre e pode tornar-se complicada de gerir...


No entanto se por um lado possui por vezes a desvantagem de ser resiliente, por outro apresenta a enorme vantagem de ser uma espécie de “fast food”' do mundo dos insectos, (um lugar de generosas flores onde legiões de auxiliares podem confortavelmente poisar para restabelecerem forças, no combate diário aos outros que não queremos que causem estragos).


É uma espécie de todo o terreno do mundo das plantas!!! No Verão se estivermos atentos ao longo das estradas, esta planta ruderal faz-nos companhia de Valença ao Algarve.


Faz-me viajar no tempo até à mercearia do dona Miquinhas e dos rebuçados que ali comprava, aqueles do tempo da avó.


O funcho-púrpura (F. vulgare 'Purpureum') é uma variedade que gosto muito, pelo contraste entre as suas folhas escuras e as enormes umbelas de flores amarelas. Existe uma outra variedade, o funcho doce (F. vulgare var. Dulce), em que se utilizam as folhas escamosas da base, tantas vezes confundidas com um bolbo.


quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

A inesperada

Manjerona - Origanum majorana

Meia-irmã do orégão (Origanum vulgare), com o qual é tantas vezes confundida, é a Gata Borralheira das ervas aromáticas. Vive esquecida nas embalagens de misturas de condimentos que vamos mantendo lá por casa. Usamo-la frequentemente com nome trocado e o sapato de cristal só é calçado quando um dia nos é apresentada pessoalmente e descobrimos de forma surpreendente que afinal é uma princesa entre as ervas e que a havíamos descurado imprudentemente.

A abóbora vira coche, será o mesmo que dizer que a nossa cozinha se transforma num palácio, onde chalotas e queijo azul são parte da vasta corte de ingredientes reais, proporcionando finais felizes, tal como nos contos de fadas. E as vantagens sobre a meia-irmã tornam-se evidentes quando percebemos que o orégão tem mau feitio e não gosta muito de ser cultivado no sitio que escolhemos para ele (amua e tem menos sabor). Afinal é um selvagem que só mostra o que vale quando floresce, o que acontece com menor frequência do que desejaríamos, enfim...

Na época medieval os irmãos enclausurados nos mosteiros consumiam esta planta, que em certas doses teria propriedades anafrodisíacas, o que evitaria pensamentos carnais... Ora, é precisamente com carne que mais gosto de a consumir!!! Não aconselhável portanto em grandes doses, a cavalheiros de meia idade, por razões óbvias...

Adoro a cor verde-acinzentada das folhas desta planta, que promovem um contraste único com a restante vegetação, conferindo-lhe um excelente carácter ornamental. Tenho a certeza que juntos, seremos felizes para sempre.

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/condimentos-bio-cantinho-das-aromaticas/manjerona-bio-embalagem-20g/

terça-feira, 18 de Novembro de 2014

O estimulante

Alecrim – Rosmarinus officinalis  

Espontânea no centro e sul do país, esta planta é presença marcante no nosso mundo rural. Existe em quase todas as hortas e jardins, como se de um amuleto se tratasse, já que o povo diz que depois de queimada desinfecta e afasta as más energias!!! Por vezes é confundida com o rosmaninho (Lavandula stoechas), devido à semelhança fonética existente entre o género Rosmarinus e o nome comum desta planta. Quando passear pelas aldeias de Portugal, esteja atento, porque vai dar com o alecrim tantas vezes no jardim das casas, juntamente com a Arruda (Ruta graveolens), uma espécie de aviso aos passeantes que não vale a pena desejar mal aos que lá vivem, porque as plantas estão lá para os proteger!!! 

A floração pode ocorrer diversas vezes ao ano, o que a torna na planta mais sexual que conheço!!! Por serem muito pequenas, a apanha pode ser demorada, mas também um belíssimo passatempo a propor às crianças mais irrequietas!!! O exemplar mais feliz que conheço vive cá na Quinta e germinou numa frincha de um secular muro de granito. É enorme e vive de muito pouco... Costumo sempre recordar-me dele quando preciso de lições de economia de recursos!!! 

O alecrim-rasteiro (R. officinalis 'Prostratus') é uma variedade que gosto de recomendar para taludes, zonas inclinadas ou vasos, porque assume um hábito de crescimento horizontal, cobrindo áreas enormes e estabelece um eficiente controlo de infestantes. É muito prático em zonas de solos mais pobres ou inacessíveis. 

Associado à memória, é um excelente estimulante, pelo que o óleo essencial está sempre presente cá em casa. Adoro tomar a infusão desta planta, que refresca e é excelente para tratar ressacas!!! Costumo sugerir a queima das folhas ou espalhar o óleo essencial, depois de se cozinhar peixe. O cheiro irá desaparecer em segundos. E o açúcar de alecrim, uhmmm..... 

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/condimentos-bio-cantinho-das-aromaticas/alecrim-bio-embalagem-20g/

Estórias das ervas e das pessoas...

Nasci e cresci no Porto, cidade que amo profundamente, no seio de uma família grande, sem ligações à agricultura. O Aniki Bóbó do Oliveira fez-me sonhar com a miúda bonita e o Sousa Veloso mostrou-me a Vida Rural. Ficava durante longos períodos pendurado na montra da Sementeira do Alípio Dias, fascinado com as últimas novidades em bolbos e afins.

Viajava regularmente para a aldeia da minha avó materna, nas férias escolares. Apesar de ser costureira mantinha, como todos na aldeia, uma horta onde havia um pouco de tudo. Foi lá, sob o seu olhar atento, que construi a minha primeira horta, ainda miúdo.

Aos 14 anos não sabia o que queria fazer a seguir... Estranhamente cultivava vasos de hortícolas em casa, cuidava de pássaros caídos do ninho, trazia cães para casa, enfim, um caso de preocupação parental! Fui mandado analisar no psicólogo do banco onde o meu pai trabalhava. O senhor era um tipo simpático, de lentes grossas e acabou por revelar-se decisivo na escolha do caminho que hoje sigo. Disse: “Um tipo como tu deve ir para uma escola especial, uma escola agrícola. Há uma em Santo Tirso”.

Fui, vi e apaixonei-me. Foi tão bom, aprendi tanto, fiz os melhores amigos e cresci como não podia ter crescido em casa. Daí parti para Vila Real onde ingressei na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Nela fui aluno de vários cursos, já que estudei de perto o mundo rural, participei em inúmeras tertúlias, fiz diversas viagens e senti nos ossos as quatro estações do ano. Em suma, todas estas aprendizagens de vida contribuíram para que me embrenhasse definitivamente na agricultura.

As plantas aromáticas perseguiram-me sempre, quis estudá-las melhor e acabei por vir parar ao lado de casa, aos Jardins de Serralves. Fui pago durante 6 vibrantes anos para gerir 18 hectares de uma das mais fantásticas colecções botânicas do país. Aí tornei-me numa espécie de Jean-Baptist de la Quintine - O Jardineiro do Rei. Construí um jardim com uma enorme colecção de plantas aromáticas e plantei centenas de árvores.

De jardineiro do rei quis a vida que me fizesse agricultor. Assim naveguei rio abaixo para me vir a instalar nos aposentos de Pedro e Inês de Castro, na Quinta do Paço em Canidelo, Vila Nova de Gaia. Há 12 anos que das ervas faço pão na mesa e acredito convictamente que existem ainda tantas conquistas por fazer...

Das aromáticas se fizeram milhares de cantinhos espalhados pelo país afora, e centenas de novos rurais perseguem o perfume cujo rastilho foi por mim ateado. E a vida continua, de pés assentes na terra e a consciência de que o futuro será verde ou morrer a tentar.

Entretanto tenho uma princesa de 10 anos. Para me fazer homem, faltava este livro, dizem... Espero que gostem.

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/livros/erva-uma-vez-estorias-cozinhadas-com-aromas/

Compras sustentáveis

Se já começou a pensar nas suas próximas prendas de Natal, quer seja particular ou empresa, porque não apostar em algo completamente novo, delicioso, produzido em agricultura biológica, próximo de si, por uma pequena empresa portuguesa, que dedica toda a sua energia à produção sustentável e ao futuro da agricultura portuguesa?! Ervas aromáticas, em forma de condimentos ou infusões, produzidas com tanto carinho, que estão este ano entre os melhores produtos do mundo?! Deixo a sugestão!!!

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/infusoes-lote-reserva/

sexta-feira, 7 de Novembro de 2014

quarta-feira, 5 de Novembro de 2014

Cabazes.pt

Os produtos Cantinho das Aromáticas já estão à venda no site Cabazes.pt!!! Uma forma simples, rápida e sofisticada de construir o seu próximo cabaz de Natal, com produtos portugueses!!!

https://www.cabazes.pt/cabaz-tag/cantinho-das-aromaticas/

É a Vida, Alvim!!!

Programas deste género são sempre uma maravilha!!! No É a Vida, Alvim puxa pelo lado mais íntimo e divertido dos convidados e o resultado é quase sempre... uma entrevista recheada de gargalhadas!!! Deixo-vos com os meus melhores momentos no programa, cheios de revelações nunca antes tornadas públicas...

Pior ano agrícola de sempre...

O Universo em todo o seu esplendor apresenta formas curiosas de manter os equilibrios... para o Cantinho das Aromáticas, como para tantos outros agricultores, este foi o pior ano agrícola de sempre, em termos de produção, com uma Primavera e boa parte do Verão apresentando quedas pluviométricas muito acima do que é habitual nestas alturas...

Consequência disso, as quantidades produzidas este ano são muito abaixo das esperadas. Ainda assim, fomos premiados pela nossa incrível qualidade, quer em Portugal, quer em Inglaterra, tudo isto no mesmo ano...

A agricultura não é de facto para quem pode, é acima de tudo para quem se entrega de alma e coração...

Mais cantores!!!

Prevendo-se novas gravações, Nelo Silva e Kristianna Cantora já não passam sem Perpétua roxa! Acreditamos que as próximas músicas serão um sucesso, daqueles que não nos saem da cabeça!!!

segunda-feira, 3 de Novembro de 2014

sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Gaia tem um Cantinho de ervas com marca própria

Duas (reportagens) no mesmo dia é obra!!! Também o Jornal de Negócios publica hoje uma reportagem sobre agricultura: Gaia tem um Cantinho de ervas com marca própria!!! Nesta reportagem, são explicadas algumas das diversas vicissitudes que envolvem ser agricultor/empresário agrícola, nos dias que correm.

Ervas que nos dão prémios (e muito prazer)

Hoje recomendamos a leitura deste artigo no Público!!! Ervas que nos dão prémios e muito prazer é o que fazemos todos os dias!!!

Para além de fazermos uma agricultura biológica, consciente, sustentável e de inspirarmos centenas de novos agricultores a inciarem os seus projectos, um pouco por todo o país. E geramos conhecimento, investigamos, partilhamos, aprendemos, porque queremos sempre mais.

Agora que sabe, o que mais falta para nos visitar?! Estamos abertos ao público, de Segunda a Sábado!!! Um abraço apertado para todos!!!

quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

Nacional é bom, no Expresso...

Para a Revista do Jornal Expresso, as ervas premiadas do Cantinho das Aromáticas são nacionais e por isso boas, sinónimos de imaginação, originalidade e excelência.

Na Sábado...

Para a revista Sábado deste fim de semana, somos campeões made in Portugal. Gosto quando no mesmo texto encontro as palavras campeões, estrangeiro e ervas... sinto-me invulgar...

Somos Economia Verde premiada

Estar entre os melhores produtos do mundo é algo que nos enche de alegria. Temos tido muita atenção da comunicação social, que nos tem ajudado a propagar este feito. Mas é de si, o futuro consumidor destes maravilhosos produtos (infusões e condimentos BIO) que precisamos, que os provem e recomendem!!! 

É a pensar no prazer que vamos acrescentar às vossas vidas, que acordamos todos os dias, para trabalhar e produzir algumas das melhores ervas do planeta!!! 

Espreitem esta maravilhosa reportagem da Economia Verde da SIC Noticias para sentirem um pouco da nossa alegria!!! Cá vos esperamos a seguir!!!

http://sicnoticias.sapo.pt/programas/economiaverde/2014-10-23-Producao-biologica-de-Aromaticas

quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Nova imagem, novos produtos, a extraordinária qualidade de sempre!!!

Nova imagem, novos produtos, a extraordinária qualidade de sempre!!!

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/

A linha de infusões possui 15 fererências distintas, disponíveis em embalagens inovadoras, repletas de cor e de informação útil.Infusões que expressam a sua vivacidade dançando no seu palato.

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/infusoes-bio/

A linha de condimentos possui 18 referências distintas. Nos rótulos o consumidor encontrará dicas para a confecção dos pratos e de uma descrição sensorial de cada erva ou fruto, fornecendo-lhe a ideia aproximada do sabor que acrescentará aos cozinhados.

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/condimentos-bio-cantinho-das-aromaticas/
  
A linha de saquetas de infusão possui 6 referências distintas. Uma fantástica experiência sensorial, na nossa versão mais prática. Para os mais comodistas ou para os que não dispensam uma infusão no trabalho, as saquetas individuais são a solução ideal para preparar infusões!!!

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/infusoes-bio-em-saquetas/

A linha de lotes reserva possui 4 referências distintas. Uma experiência sensorial incomparável!!! A intensidade de aroma revela-se numa infusão suave, leve, sem adstringência!!! O melhor resultado em infusão, somente possível pelo nosso empenho e dedidação.

http://www.cantinhodasaromaticas.pt/loja/infusoes-lote-reserva/

Fomos ao É a Vida Alvim!!!

E quem é que se divertiu imenso no novo programa do Fernando Alvim, no canal Q?! Contando histórias nunca antes reveladas?!! Vai para o ar em breve!!!







Colheita de perpétuas

Quem quer vir participar num dia maravilhoso a colher flores de perpétuas de diversas cores no nosso lindíssimo campo de produção, aproveitando o bom tempo, já na próxima Quinta-feira 23 de Outubro!!! No Sábado 25 de Outubro a actividade repete-se!!!

Poderão aparecer a qualquer hora, entre as 10,00 às 12,00 e das 14,00 às 17,00 h. Infusão e biscoitos para todos no fim!!! Além disso, oferecemos uma planta!!!
Trazer roupa confortável e indicada às condições climáticas.

Inscrição gratuita, mas obrigatória, em geral@cantinhodasaromaticas.pt

terça-feira, 7 de Outubro de 2014

“Óscares” dos produtos alimentares na TVI

E o “óscar” da melhor infusão do planeta vai para... Lote Reserva Limonete, do Cantinho das Aromáticas!!! Great Taste Awards, infusões de topo, prazer, gosto pela agricultura, saber fazer bem, em Portugal, tudo pela mão da Luísa Cardoso, no Jornal da Uma, na TVI!!! Que grande equipa de trabalho temos no Cantinho das Aromáticas!!!

segunda-feira, 6 de Outubro de 2014

Reservas premiados na Visão

pssst... só entre nós... não foram uma, nem duas, mas sim três as estrelas ganhas pelo lote reserva de limonete do Cantinho das Aromáticas nos Great Taste Awards, em Londres!!! Anuncia a Revista Visão desta semana!!! Há quem já tenha provado e afirme a pés juntos que é mesmo muito bom...

Workshop Produção de Ervas Aromáticas Outubro 2014

No fim de semana de 18 e 19 de Outubro, leccionarei um workshop vocacionado para potenciais produtores, onde poderá aprender todas as técnicas utilizadas no cultivo, colheita, secagem e armazenamento/embalamento de ervas aromáticas medicinais e condimentares, ficando cada participante com as ferramentas indispensáveis para dar início ou continuidade a um projecto profissional de agricultura nesta área. Para adquirir o workshop, clique aqui.

 
Orientação: Luís Alves (teórico/prático)

Datas: Sábado e Domingo - 18 e 19 de Outubro 2014
 
Horário: 10,00 às 12,30h e das 14,00h às 17,00 horas, no Cantinho das Aromáticas

Público-alvo: Geral 250€/pessoa, IVA incluído

Número mínimo de participantes: 8

Número máximo de participantes: 25

Para inscrições e mais informações:

Cantinho das Aromáticas
Rua do Meiral, 508
4400-501 Canidelo
Vila Nova de Gaia

Tlf: 227710301

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

APRESENTAÇÃO: Análise do programa, expectativas.

AGRICULTURA BIOLÓGICA
Conceitos, princípios e objectivos;
Fundamentos e práticas em produção de PAM.

CULTIVO DE PLANTAS AROMÁTICAS E MEDICINAIS (PAM)
As principais plantas aromáticas e condimentares a cultivar;
Sistemas de cultivo;
Preparação de solo;
Rega;
Pragas e doenças;
Mão-de-obra.

MÁQUINAS, FERRAMENTAS E UTENSÍLIOS
Principais máquinas, ferramentas e utensílios necessários.

COLHEITA, SECAGEM E ARMAZENAMENTO
Calendário de colheitas;
Como secar correctamente; Armazenamento.

PROCESSAMENTO
Aspectos fundamentais no processamento primário.

MERCADOS
Potenciais mercados de PAM.

COMPONENTE PRÁCTICA NO EXTERIOR